Blog Flow Expert

Como as Manutenções Preventivas Podem Reduzir Custos de Operação e Aumentar a Produtividade das Bombas de Engrenagem?

22 de outubro de 2018 / FlowExpert

Bombas de engrenagem são equipamentos que precisam estar sempre em dia, com todos os componentes corretos e rodando de forma assertiva. Qualquer pequeno erro pode ocasionar em grandes prejuízos. Por isso, as manutenções preventivas são ótimas para reduzir custos de operação e aumentar a produtividade das bombas.

Isso porque, qualquer equívoco pode ocasionar em um dano ao equipamento, paralisando a produção e até mesmo perdendo todo o fluido que estava ali operando. Obviamente que isso traria resultados negativos e perdas significantes para a indústria. Com o intuito de prevenir o problema, confira este artigo completo e aproveite para se informar sobre o tema!

O que são manutenções preventivas?

Em primeiro lugar, precisamos entender o que são e para que servem as manutenções preventivas.

Neste nicho de bombas de engrenagem, costumamos contar com três tipos mais comuns de manutenção: a preditiva, em que é analisado o comportamento das bombas; a corretiva, quando os problemas já existem e é necessário atuar na apuração e solução da causa; e a preventiva, que, como o próprio nome diz, é responsável por prevenir reparações com avaliações, ajustes, limpezas e identificações de possíveis problemas.

Então, você deve estar se perguntando por qual motivo a preventiva é a mais indicada. A resposta é simples. Com ela é possível prever que determinado componente está chegando ao seu fim de vida útil; que alguma peça já apresenta certo desgaste; que aquela bomba não é adequada para determinado fluido; entre outros.

Com isso, você se antecipa antes que o problema ocorra de fato, realizando trocas ou reparos. Dessa forma, é possível conseguir reduzir custos de operação.

Por que é possível reduzir custos de operação com manutenção preventiva?

Vimos que a manutenção preventiva atua aumentando a produtividade da bomba. Quando falamos sobre reduzir custos de operação, podemos analisar que, obtendo uma melhor visão da atual situação do equipamento, é possível prever problemas e evitar reparos.

Uma perda total do fluido ou uma paralisação geral da operação por mau funcionamento da bomba elevariam os custos de operação. Ao realizar essa análise com antecedência, isso é evitado.

Por exemplo, para cada tipo de bomba, dependendo de sua viscosidade ou temperatura, o componente dela precisa vir com a folga adequada. Caso não seja a correta, a bomba terá menor tempo de vida útil ou poderá até mesmo sofrer um dano catastrófico. Isso porque as folgas dilatam e, dependendo da temperatura ou viscosidade da qual for submetida, pode ocorrer uma dilatação em excesso e toda a operação será prejudicada.

Ao fazer a manutenção, o operador verificará que as folgas estão incorretas e assim a troca ou ajustes já poderão ser realizados antes de uma pane total.

Viu só como é importante realizar manutenções preventivas periodicamente? Atente-se aos sinais que a bomba dá e evite maiores problemas!

Aqui no blog da Tetralon você confere mais conteúdos sobre bombas industriais e melhora a operação de sua indústria. Caso esteja procurando por uma fornecedora de bombas e peças, conheça também os serviços oferecidos pela Tetralon.



Escreva um comentário

O seu e-mail nunca vai ser publicado. Campos obrigatórios *

*
*

Marcas