Bombas Centrífugas Revestidas Linha FTI UC – FTI

Bombas de centrífugas magnéticas revestida são projetadas para extrema confiabilidade em aplicações de processamentos químicos mais extremos. Além de durável, vendo que também é projetado para garantir vida útil ideal. Ótima segurança, pois possui potentes magnetos em Neodímio.

 

  • Construídas em ferro fundidos com revestimento DuPont Tefzel (ETFE);

 

  • Imãs do acoplamento magnético com barreira de (ETFE) contra corrosão;

 

  • Alcançam vazões elevadas, superiores às de bombas plásticas.

Otimiza/ Resolve

Bombeamento a altas vazões

As bombas centrífugas (porte pequeno a médio) fornecem altas vazões através do “turbinamento” dos líquidos. Tamanhos maiores (corpo metálico) que bombas plásticas e magnetos de alto torque proporcionam vazões elevadas (até 340 m³/h). Ótima opção para vazões elevadas com bombas compactas r vazões superiores às de bombas plásticas

Bombeamento sem pulsação; fluxo linear

O bombeamento centrífugo é rotativo, tornando o fluxo linear e sem pulsação.

Evita paradas inesperadas da bomba e ou paradas constantes para manutenção; troca de selo mecânico ou gaxeta

O acoplamento magnético dispensa gaxetas e selos mecânicos, principal fator de quebra e paradas em bombas centrífugas. Na linha TB, o exclusivo sistema de balanceamento hidráulico assegura longa vida útil, mesmo em aplicações severas.

Vazamentos na bomba; legislação sobre segurança no manejo de químicos

O revestimento da câmara em materiais não-metálicos protege de ataque químico, suportando fluidos ácidos, cáusticos, e perigosos. O acoplamento magnético dispensa gaxetas e selos mecânicos, eliminando o risco de vazamento de produto da bomba. Ideal em várias aplicações como no bombeamento de fluidos corrosivos, perigosos ou voláteis, de ácidos (sulfúrico, clorídrico, fosfórico), de soda cáustica ou solventes; bombeamento na indústria petroquímica e ou na indústria de cloro-soda e derivados; na filtragem/recirculação de banhos galvânicos; para aminas, soda cáustica e alvejantes na indústria de celulose e papel; para lavadores de gases; evitar contaminação do ambiente ou do produto.

Bombeamento de fluidos com sólidos em suspensão, de água contaminada; de bases com carvão, decapagem com ácidos na siderurgia; acabamentos de metais

Linha de bomba (TB) com exclusiva barreira protetora que impede a entrada de partículas (até 0,12 mm) entre o copo de contenção e a câmara. Suporta transferências de fluidos com até 30% de concentração de sólidos em suspensão (até 6,3 mm).

Informações

Vazão:329 m3/h
Pressão máxima:9,4 bar
Temp. máx.:121°C



entre em contato para obter mais informações

Marcas