Blog Flow Expert

Sinais de Alerta de Que Preciso Trocar a Bomba

21 de agosto de 2018 / Sem categoria

O ciclo produtivo de muitas indústrias dependem do bom funcionamento de mecanismo de transporte de fluídos. No entanto, algumas falhas e necessidade de reparos constantes podem indicar que é preciso trocar a bomba utilizada e realizar a instalação de outro sistema.

É interessante ficar atento a alguns fatores para que não seja mais desperdiçado tempo e recursos financeiros com o ajuste e manutenção de bombas que não estão mais apresentando a funcionalidade esperada. Para ficar informado sobre o tema, confira este artigo na íntegra!

 

Afinal, como saber quando é preciso trocar a bomba industrial?

 

A falta de manutenção, problemas constantes, perdas produtivas e diminuição de lucratividade são fatos gerados por bombas que não estão realizando a função com eficiência, logo, com o passar do tempo acabam representando prejuízos para as indústrias. Para que o problema não se prolongue e mais desperdícios sejam gerados, separamos algumas dicas que devem ser levadas em consideração para decidir pela troca das bombas.

 

1.Constantes falhas

Um sistema que apresenta falhas contínuas deve ser analisado com atenção. Se caso ocorram manutenções periódicas, porém mesmo assim os problemas continuam, talvez seja o momento de realizar a troca da bomba. As perdas produtivas estão representando prejuízos devido à operação falha dos sistemas de bombeamento.

 

2. Diminuição da eficiência

Imagine que sua bomba industrial possibilita a troca de fluídos com boa eficiência, fato que tornava cíclico todo o processo produtivo. No entanto, após alguns meses de utilização, a peça não apresenta mais a capacidade que possuía antes, fato que passou a impactar na produtividade, o que consequentemente resultando na diminuição da lucratividade industrial.

Entendeu como reconhecer que é preciso trocar a bomba e as peças que compõem o mecanismo? Ficar atento às diferentes circunstâncias possibilita maior eficiência produtiva, sem que todo o ciclo de produção sofra com falhas do maquinário. Quer saber mais? Consulte mais conteúdos como esse no blog da Tetralon!




Escreva um comentário

O seu e-mail nunca vai ser publicado. Campos obrigatórios *

*
*



Marcas