Blog Flow Expert

3 Coisas que Influenciam na Eficiência das Bombas Pneumáticas

24 de abril de 2019 / FlowExpert

Compartilhe este post

Você já deve saber que as bombas pneumáticas são muito utilizadas em diversos segmentos industriais, um dos principais fatos se deve pela alta versatilidade do mecanismo, sem contar que é o melhor equipamento quando trabalhamos com fluidos de difícil bombeamento. Porém, para o bom funcionamento e manutenção da eficiência das bombas pneumáticas é interessante considerar alguns fatores. Ficou interessado no assunto? Confira mais neste artigo!

Saiba como manter a eficiência das bombas pneumáticas

Manter a eficiência das bombas pneumáticas é uma necessidade de qualquer parque industrial, afinal, os equipamentos possuem um alto custo, logo, conseguir aproveitá-los da melhor maneira é necessário para a realização dos processos e esforços constantes do equipamento. 

Prestar atenção em algumas particularidades dos mecanismos pneumáticos é um passo primordial para alongar a vida útil e para o sucesso da operação.

Veja algumas observações importantes que influenciam no funcionamento do equipamento:

1. Fluido bombeado

Um dos principais aspectos que devem ser levados em consideração quando pensamos na eficiência de uma bomba pneumática é o tipo de fluido que será bombeado. Afinal, de nada adianta esperar pela eficiência do mecanismo quando o mesmo não está sendo aplicado da maneira correta.

Por isso, antes, é importante analisar as diversas peculiaridades do tipo de fluido que está sendo bombeado, no caso das bombas pneumáticas são ótimas opções para fluidos de baixa, média e alta viscosidade, com características corrosivas, inflamáveis, abrasivos e outros.

2. Jornada de trabalho

Outro aspecto importante a ser analisado é a jornada de trabalho em que a bomba será aplicada. É certo que a eficiência das bombas pneumáticas será alterada dependendo de quanto tempo o mecanismo estiver trabalhando para manter o ciclo de produção ativo. Ou seja, é interessante entender o ponto limite de atuação do equipamento, que não irá comprometer a produtividade.

3. Manutenções irregulares

Por fim, mas não menos essencial, para manter a eficiência da bomba é necessário realizar  manutenções regulares.

Durante um ciclo de produção intenso, é primordial a realização destas manutenções preventivas. O objetivo maior é proteger o sistema de uma pane geral que poderá comprometer a produtividade do mecanismo. Já imaginou perder rentabilidade devido a parada do equipamento?

Este conteúdo foi útil para você? Fique atualizado sobre o universo de bombas industriais e processos relacionados no blog da Tetralon!

Compartilhe este post



Marcas